Mergulho Scuba

Mergulho Scuba

Mudar linguagem para Inglês
Mudar linguagem para Espanhol
Mudar linguagem para Português
Golfinhos Fernando de Noronha - André Seale
Piau 3 pintas no Rio da Prata - Ismael Escote
Mergulho Fernando de Noronha - André Seale
Arraia Fernando de Noronha - André Seale
french angelfish - André Seale
Piraputangas -Ismael Escote


Artigos


30/10/2008 - 08h12

As profundezas aquáticas de Fernando de Noronha

 
 

A+

A-

Altera o tamanho da letra

Já tive a sorte e a oportunidade de mergulhar em Fernando de Noronha em duas outras ocasiões, uma em 1993 - tudo era muito complicado e a ilha tinha pouca infra-estrutura - e outra em 2006.

Mas desta vez ia ser diferente: na primeira semana seriam mergulhos recreativos junto com a família (é claro, esposa, filho e filha são mergulhadores também!), intercalados com mergulhos técnicos. Na segunda semana, somente mergulhos técnicos como preparação final para o grande dia em que conheceria as famosas paredes de Noronha, tendo como objetivo os 105 metros.

Este projeto começou há alguns meses, nos treinamentos e mergulhos na pedreira em Salto de Pirapora (SP). Após pesquisar a logística com vários amigos, decidi que realizaria o projeto nas férias de julho.

Foram vários mergulhos de treinamento e muita aprendizagem com a ajuda de vários amigos instrutores e duplas que participaram na realização deste projeto: Marretti, Teco, Johnny e Dino. O último treino aconteceu dia 27 de junho, no fundo da pedreira, aos 76 metros, tendo como dupla o Dino, da Dive Rite, que inclusive apoiou este meu projeto.

Posso dizer que estava preparado fisicamente, psicologicamente e com a técnica necessária para a realização segura deste mergulho. Após troca de e-mails e telefonemas com o Fernando Rodrigues, chefe de operações de mergulho da Noronha Divers, acertamos todos os detalhes para a realização dos mergulhos e do grande dia das paredes de Noronha.

Fiz vários mergulhos recreativos com a família, inclusive tirei a sort                                                                                            e grande ao mergulhar com algumas dezenas de golfinhos e poder filmá-los por mais de cinco minutos. Tudo deu mais que certo em todos os mergulhos que fizemos: lambarus, tubarões de recife, moréias verdes fora das tocas, lagostas, arraias xita, tartarugas, meros, badejos, mantas e golfinhos.

Preparação

Muitos pontos diferentes que não conhecia: Laje dos Cabos, Pontal da Macaxeira, Cabeço das Cordas, Pontal do Norte, Cabeço Dois Irmãos, etc. Mas, tinha muito pela frente.

Apesar de toda preparação prévia, fizemos uma série de mergulhos técnicos para ajuste de equipamentos, conhecimento mútuo de toda a equipe, aprimoramento das técnicas de mergulho com correnteza, mergulhos progressivamente mais fundos (fizemos três maravilhosos mergulhos na Corveta, a 57 metros, com penetração e tempo de fundo superior a 40 minutos), tudo para gerar mais conforto, mais experiência e mais segurança para o grande dia.

Por Adair Ribeiro Junior, com publicação na Webventure

A reprodução integral ou parcial de textos e fotos deste portal somente é permitida com créditos para o autor e link para a página de onde foi transcrito. É expressamente proibida a reprodução total ou parcial das fotos das galerias sem a autorização prévia dos fotógrafos, os quais estão devidamente creditados nos nomes das galeriasCaso você seja autor de alguma imagem ou texto publicados neste site e deseja remoção ou correção, clique aqui para preencher o formulário de solicitação.


Receba nossa NewsLetter
Name:
E-mail:
Código de segurança:
->