Mergulho Scuba

Mergulho Scuba

Mudar linguagem para Inglês
Mudar linguagem para Espanhol
Mudar linguagem para Português
Esponja Fernando de Noronha Brasil - André Seale
Mergulho scuba - Ismael Escote
Baia dos Porcos  - André Seale
Arraia Fernando de Noronha - André Seale
Mergulho Fernando de Noronha - André Seale
Tartaruga - André Seale


Artigos


18/09/2009 - 17h41

Informações sobre o Plano de Manejo Espeleológico da Lagoa Misteriosa

 
 

A+

A-

Altera o tamanho da letra

Ivan Cavas
Lagoa Misteriosa
Lagoa Misteriosa

Com o objetivo de nortear o desenvolvimento das atividades turísticas e a proteção do ambiente natural da Lagoa Misteriosa foi concluído nesse mês o Plano de Manejo Espeleológico, que teve sua elaboração iniciada no ano de 2005 com a coleta de dados e diagnósticos realizados em campo. O Plano de Manejo Espelológico é o principal documento para o licenciamento ambiental da visitação turística em cavidades naturais.

Através dos estudos a equipe de coordenação responsável pelo Plano de Manejo definiu as diretrizes para a gestão da área, para as atividades turísticas a serem desenvolvidas, e para as atividades de manejo prioritárias. O resultado desse processo foi o estabelecimento dos objetivos específicos de manejo, que nortearam o desenho do zoneamento e a elaboração dos programas e projetos deste plano.

Dividido em quatro partes, o Plano aborda os seguintes tópicos: Caracterização do Empreendimento e Regional; Diagnóstico Ambiental; Manejo, Descrição das Atividades Turísticas e Planejamentos e, para finalizar, Referências, Apêndices e Anexos.

Os responsáveis pelo Plano são: na Coordenação - Hamilton de Menezes Fernandes e Sandro Marcelo Scheffler; na Supervisão Geral: Eduardo Folley Coelho e Luiza Spengler Coelho; e na Equipe Técnica: Ana Cristina Trevellin, Angela Pellin, Hamilton de Menezes Fernandes, Jose L. Barroco Neto, José Sabino, Liliana Rodrigues, Luciana Paes de Andrade, Luiz Fornazzari Neto, Maria Antonietta Pivatto, Samuel Duleba, Sandro Marcelo Scheffler, Vivian R. Baptista-Maria e William Marcos da Silva.

Segue abaixo algumas informações contidas no Plano de Manejo Espeleológico da Lagoa Misteriosa:

A Cavidade Natural Lagoa Misteriosa (MS-043)* é de origem freática situada no fundo de uma dolina - depressão circular formada pelo abatimento do solo em regiões de rochas carbonáticas (mármores, calcáreos). Assim, a cavidade é formada pelas águas subterrâneas que afloram à superfície formando um lago central de águas carbonatadas e límpidas com grande desenvolvimento vertical.

Conforme Oliveira (2001) e Auler et al. (2001), a Lagoa Misteriosa é considerada a quinta caverna mais profunda do país, sendo a mais profunda caverna inundada do Brasil, atingindo mais de 220 metros de coluna d`água. Na lista dos maiores desníveis da Sociedade Brasileira de Espeleologia - SBE (2009) a Lagoa Misteriosa figura em sétimo, com a profundidade atualmente conhecida de 220 metros.

A fazenda denominada Lagoa Misteriosa, onde está situada a cavidade, possui uma área de 50,0769 ha. Diagnósticos identificaram uma diversidade de fauna e flora relevantes, a ocorrência de fenômenos interessantes como a floração algálica, que ocorre todos os anos, e evidenciaram as características geológicas e geomorfológicas particulares desta área.

Essas características, associadas à beleza cênica do local, conferem a Lagoa Misteriosa um grande potencial turístico, tanto para contemplação, quanto para a flutuação e mergulho com cilindro, e até mesmo para arborismo e tirolesa. No entanto, devido a sua fragilidade e características únicas, a realização de qualquer atividade deve ser precedida de estudos de viabilidade ambiental e embasada em um planejamento adequado.

No caso de uma cavidade, segundo o "Termo de Referência para o Plano de Manejo Espeleológico de Cavernas com Atividades Turísticas", elaborado pelo CECAV/ICMBIO (Centro Nacional de Estudo, Proteção e Manejo de Cavernas/ Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), o Plano de Manejo Espeleológico deve ordenar um conjunto ou uma estrutura de informações ambientais que se destinam a disciplinar o processo de acesso e uso do patrimônio espeleológico para fins turísticos ou científicos, bem como estabelecer condições reais de planejamento para orientar as intervenções previstas para a área, de forma a produzir o menor impacto possível.

A resolução CONAMA nº 347, de 10 de setembro de 2004, que dispõe sobre a proteção do patrimônio espeleológico, define Plano de Manejo Espeleológico como o documento técnico mediante o qual, com fundamento nos objetivos gerais da área, se estabelece o seu zoneamento e as normas que devem presidir o uso da área e o manejo dos recursos naturais, inclusive a implantação das estruturas físicas necessárias à gestão da cavidade natural subterrânea.

* A cavidade Lagoa Misteriosa está cadastrada no Cadastro Nacional de Cavernas do Brasil - CNC da SBE - Sociedade Brasileira de Espeleologia sob o número MS-043.

Com informações de Luiza Spengler Coelho

A reprodução integral ou parcial de textos e fotos deste portal somente é permitida com créditos para o autor e link para a página de onde foi transcrito. É expressamente proibida a reprodução total ou parcial das fotos das galerias sem a autorização prévia dos fotógrafos, os quais estão devidamente creditados nos nomes das galeriasCaso você seja autor de alguma imagem ou texto publicados neste site e deseja remoção ou correção, clique aqui para preencher o formulário de solicitação.


Receba nossa NewsLetter
Name:
E-mail:
Código de segurança:
->